960x100 basa novo

Na zona rural de Tarauacá, adolescente mata o pai que a estuprava há dois anos

Foto/Cedida Foto/Cedida

Ocaso aconteceu na colônia São José, ramal do Cachoeira, zona rural do município de Tarauacá. Uma adolescente de 14 anos teria matado o pai, Augusto Moraes da Silva, 34 anos, com um tiro de espingarda, na noite desta terça-feira, 07, porque já não aguentava mais ser abusada sexualmente por ele. Os abusos, segundo depoimento inicial da menor à polícia, ocorriam há dois anos.

Ela foi conduzida junto com sua mãe, a produtora rural Maria José Alves de Souza, 45 anos, à delegacia da cidade para prestar depoimento.

Ainda no depoimento, a garota contou, em detalhes, que seus pais começaram a consumir bebida alcoólica e por volta das 23 horas, quando sua mãe já estava dormindo, seu pai pegou uma faca e foi até onde ela estava e sob ameaça de mata-la e matar todos da casa, como fazia todas as vezes, mesmo ela tentando resistir, a estuprou novamente. Foi quando sua mãe acordou e travou uma luta corporal com o marido. Nessa hora, a garota pegou a espingarda e atirou no pai. A arma foi apreendida.

O delegado José Obetânio diz que a polícia irá fazer os procedimentos que são de sua competência, porém pelo que já apurou a adolescente agiu em legítima defesa da honra.

“A garota será ouvida, vamos lavrar o procedimento que é o dever da policia. Já pedi o exame de conjunção carnal, avisarei ao Conselho Tutelar, mas, posso adiantar que pelo que apurei a mesma cometeu o crime em legítima defesa de sua honra”, disse Obetânio..

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo