960x100 basa novo

Adolescente teria sido enviado para cometer crimes em Cruzeiro do Sul

Adolescente teria sido enviado para cometer crimes em Cruzeiro do Sul

A Polícia Civil apresentou, na manhã desta quinta-feira (2), três suspeitos de integrarem facção criminosa e cometer vários crimes, inclusive homicídios em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. A cidade registrou somente em fevereiro sete mortes violentas e a polícia liga seis delas à briga de grupos criminosos por território.

Na apresentação, estavam Hernan Oliveira de Souza, de 19 anos, e Andrés Souza de Oliveira, 18, que foram presos na última sexta-feira (24) no bairro São José. Na casa, foram encontradas duas armas de fogo e várias munições de grosso calibre. Os policiais chegaram aos acusados após denúncia anônima.

Foi apresentado também um menor de 15 anos que, segundo a Polícia Civil, é natural de Rio Branco e estava na cidade do interior do Acre a manda de um facção para cometer crimes. "Esse adolescente veio com uma missão de cometer crimes. Fizemos a investigação, sabemos o dia que saíram de Rio Branco e passamos a monitorar aqui e fizemos a prisão", explica o delegado Lindomar Ventura.

As prisões, segundo a polícia, são uma resposta em relação à onda de homicídios que a cidade vem passando. "A polícia vem trabalhando incessantemente e na sexta-feira [24] conseguimos fazer uma ação bastante exitosa, uma prisão de dois cidadãos em uma residência com duas armas, que estamos periciando e possivelmente estão interligados aos crimes", destaca o delegado.

O trio teria, inclusive, ligação na morte de Ítalo Araújo, de 34 anos, que foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira (20), no bairro São José. "O trabalho agora é de formação de elementos e provas, eles estão presos, foram pegos com armamento e estão à disposição da Justiça. E agora estamos trabalhando com as provas", finaliza.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo