960x100 nova basa

Professora morre após ser atropelada por veículo no Calafate

Professora morre  após ser atropelada  por veículo no Calafate

Na manhã de segunda-feira, 10, um grave acidente foi registrado na capital acreana, Rio Branco, vitimando a professora Darayane Tais Souza Aguiar, 21 anos. O acidente, que aconteceu na Estrada do Calafate, ocorreu depois que um veículo, modelo Volkswagen Up, conduzido por Lucas Carvalho Dantas, invadiu a contramão da via e colidiu contra a motocicleta em que viajavam a professora Darayane e o seu padrasto, identificado como José Augusto.

De acordo com informações dos agentes de trânsito que atenderam a ocorrência, Lucas Dantas, que se identificou como médico, afirmou que seguia para o trabalho em um posto de saúde quando em determinado momento perdeu o controle do veículo e invadiu a contramão da pista batendo frontalmente contra as duas motocicletas. Com o impacto, o corpo de Darayane Aguiar foi arremessado por alguns metros e devido a gravidade dos ferimentos morreu no local antes mesmo de receber qualquer atendimento médico dos socorristas do Samu.

A segunda vítima que trafegava na motocicleta e que seria padrasto de Darayane teve fratura nas duas pernas e foi encaminhado por uma unidade do Samu em estado grave ao Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência (Huerb). O motorista do carro permaneceu no local do acidente e foi conduzido à Delegacia de Flagrante (Defla) para prestar depoimento ao delegado. A área foi isolada até a realização da perícia.

Na delegacia, Lucas Dantas prestou esclarecimento ao delegado de Polícia Civil, Frederico Tostes, plantonista da Delegacia Central de Flagrantes (Defla), e em seguida foi liberado. Ele deve responder em liberdade pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A autoridade policial, que interrogou o motorista, disse aos jornalistas que estavam na Defla que o teste bafométrico realizado no médico ainda no local do acidente não detectou nenhum teor alcoólico.

A mãe de Darayane vinha em outra motocicleta logo atrás e presenciou o acidente e a morte da filha. A professora Darayane Aguiar cursava faculdade de pedagogia e na parte da tarde dava aulas de reforço para alunos de uma escola no bairro Calafate.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo