960x100 basa novo

Homem acusado de violentar enteadas reage à prisão e leva tiro

 “Foi constatado que o abuso sexual das crianças e das adolescentes já acontecia há pelo menos seis anos” Delegado Pedro Paulo Buzolin “Foi constatado que o abuso sexual das crianças e das adolescentes já acontecia há pelo menos seis anos” Delegado Pedro Paulo Buzolin

Agentes da Polícia Civil prenderam José Antônio Pereira, 78, mais conhecido como “Baiano”, na comunidade da Vila Caquetá. Ele é acusado de estuprar as três enteadas: uma de 9; outra de 14 e a mais velha de 17 anos.

“Baiano” reagiu à ordem de prisão. Quando foi feito o anúncio da ordem judicial, ele foi até à cozinha da casa, pegou uma faca e tentou atingir um dos agentes no tórax. O policial só não se feriu por causa do colete. A cena foi testemunhada por vizinhos. Os policiais atiraram duas vezes contra “Baiano” um tiro atingiu o estômago e outro a perna. O acusado foi levado para o Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, passou por cirurgias e está com quadro clínico estável.

A prisão é consequência de uma denúncia formalizada junto ao Ministério Público do Estado do Acre que informou à Polícia Civil. Uma investigação foi iniciada e concluída. “Foi constatado que o abuso sexual das crianças e das adolescentes já acontecia há pelo menos seis anos”, constatou o delegado Pedro Paulo Buzolin.

Em depoimentos feitos durante as investigações, duas das três meninas já tentaram suicídio diante das constantes violências a que eram submetidas. A polícia investiga possível conivência e omissão da mãe no crime.

A polícia também tinha a informação de que “Baiano” já estava vendendo móveis para ir embora do Acre.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo