960x100 basa novo

Denise Bonfim defende fortalecimento da magistratura acreana em sua gestão

Foto/Cedida Foto/Cedida

Os membros do Tribunal Pleno Jurisdicional se reuniram nesta quarta-feira (8) para a primeira Sessão do Órgão sob nova Direção, empossada para o Biênio 2017-2019, na noite da última sexta-feira (3).

Coube à desembargadora-presidente Denise Bonfim a condução dos trabalhos, integrados pelos demais membros da Corte de Justiça Acreana; bem como pelo procurador de Justiça Cosmo de Souza, representando o Ministério Público Estadual.

“Esta é a primeira sessão que com muita honra presido. Peço auxílio aos meus pares, para que me ajudem nesta empreitada”, disse a nova presidente do TJAC.

A 2ª Sessão Ordinária do ano de 2017 teve pautados processos os mais diversos, como Mandados de Segurança, Embargos Infringentes e de Nulidade; Embargos de Declaração, Revisão Criminal, Agravo Regimental, etc.

“Desejo muitas felicidades, e uma profícua gestão”, frisou a desembargadora Eva Evangelista, decana da Corte.

O desembargador Samoel Evangelista, por sua vez, renovou cumprimentos cordiais, postulando pelo êxito da nova Presidência.

“Parabéns por esta etapa tão relevante, de condução do Tribunal”, emendou o desembargador Pedro Ranzi, desejando de igual modo sucesso.

Vice-presidente do TJAC, o desembargador Francisco Djalma considerou auspicioso o momento, para consolidação da harmonia institucional, e busca pelo diálogo que possibilite alcançar os melhores resultados.

Já a desembargadora Waldirene Cordeiro, corregedora geral da Justiça, assinalou a honra de integrar a atual gestão, e disse que trabalhará com afinco para cumprir bem e fielmente os propósitos da Administração.

Os demais desembargadores presentes, Roberto Barros, Regina Ferrari, Laudivon Nogueira e Júnior Alberto, também cumprimentaram a Direção do Tribunal, destacando que a missão da Instituição é de responsabilidade de todos.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo