960x100 nova basa

Filas marcam 1º dia de saque de contas inativas do FGTS

Filas marcam 1º dia de saque de contas inativas do FGTS

O início do pagamento das contas inativas do FGTS foi marcado por filas neste sábado (11)  nas agências da Caixa Econômica. No Acre, o pagamento foi adiado devido ao feriado do Dia Internacional da Mulher, que acabou sendo transferido para sexta (10). 

O pedreiro John Ruan Martins, de 27 anos, saiu do bairro Cidade do Povo, por volta das 4h30 e conta que chegou até a agência do Bosque quatro horas antes da abertura do banco para garantir o primeiro lugar na fila.

Ele afirma que não tem certeza se tem algum valor para receber, mas diz que não custa nada tentar.

“Cheguei 5h. Eu vou ver se tenho alguma coisa para sacar, mas provavelmente tem porque nunca saquei FGTS e acredito que tenha alguma quantia”, diz.

O ferreiro Francisco Veríssimo, de 46 anos, está confiante de que tem algum valor para receber. Ele diz que chegou por volta das 6h30, sendo que a agência abriu às 9h.

Veríssimo diz que está disposto a passar quanto tempo for  preciso para garantir o recebimento do valor. Veríssimo conta que pretende deixar o dinheiro guardado para uma possível emergência.

“Não sei se tenho valor para receber. Estou animado mais ou menos, porque pegamos uma coisa que já tava perdida. O que vir tá bom e, se tiver, vou deixar na conta para alguma emergência”, conta.

A ex-funcionária de serviços gerais de um supermercado, Francisca Sandra Barbosa, de 35 anos, também aguarda atendimento. Ela conta que não sabe o valor que tem para receber e que não chegou a consultar anteriormente se havia algum benefício para receber. Segundo ela, a ideia é resolver tudo de uma vez, consultar o saldo e já fazer o saque.

“Não tenho certeza se tenho alguma coisa para receber. Vou verificar se tenho ou não. Trabalhei em 2007 e sai em 2008, não custa nada tentar. Eu pretendo terminar uma obra em casa. Se vier, vai ser bem vindo”, destaca.

Já faz cinco anos que o ajudante de construção civil Aldacide Lima, de 42 anos, teve carteira assinada em uma empresa da área. Segundo ele, uma consulta feita há alguns dias mostrou que ele teria R$ 600 para receber, por isso foi ao banco retirar o dinheiro. Lima afirma que, apesar de não ser muito, todo dinheiro é bem vindo.

“A gente vai pensar o que vai fazer. Eu tenho contas para pagar e vou me organizar. É pouco, mas vai ajudar, porque tudo que vier é bem vindo”, finaliza.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo