960x100 basa novo

Cia de Teatro Expressão retoma peças de sucesso no mês das crianças no Teatro Plácido de Castro, em Rio Branco

Cia de Teatro Expressão retoma peças de sucesso no mês das crianças no Teatro Plácido de Castro, em Rio Branco

Após o sucesso dos espetáculos “A Bruxinha que Era Boa” e “João e Maria”, a Cia de Teatro Expressão retoma as apresentações nos dias 7 e 8 de outubro, no Teatro Plácido de Castro (Teatrão), em alusão ao dia das crianças. 

A expectativa para a diretora da Cia, Jocilene Barroso, é de que, assim como nas outras exibições, os pais levem seus filhos para prestigiarem o trabalho da Cia.

Desta vez, os espetáculos que serão apresentados em dias diferentes e com um dia de diferença. “O que é bom é que os dois se passam em uma floresta, somente o “João e Maria” tem cena em uma vila, mas a montagem do cenário, mesmo em um prazo curto não será problema”, diz.

Em relação aos atores, a diretora afirma que apenas um personagem faz parte das duas peças. E os ensaios começam nesta semana.

“Como estou dirigindo os dois espetáculos, a única dificuldade e que atuo em um dos espetáculos. No mais, os atores são preparados e vamos realizar uma maravilhosa apresentação para o nosso público”, afirma Barroso.

A peça “A Bruxinha que Era Boa”, que será apresentada no dia 7 (sábado), às 19 horas, é um texto da autora brasileira Maria Clara Machado, já falecida, conta a história da Bruxinha Ângela, uma bruxa que é diferente das outras por ser muito boa e, por isso, ninguém gosta dela.

“João e Maria”, com apresentação para o domingo, 8, às 18 horas, conta a história de dois irmãos que são abandonados pelo pai e pela madrasta em tempos de miséria. Perdidos na floresta, eles encontram uma casa feita de doces, que, na verdade, é a morada de uma bruxa. Presos na armadilha, eles precisam encontrar uma forma de fugir antes de serem devorados. Para isso, vão contar com a ajuda dos novos amigos ratos. O espetáculo é uma mistura dança (ballet, jazz e contemporâneo) com o teatro e os elementos importantes dessa história clássica.

Os ingressos, que podem ser adquiridos na bilheteria no teatro, custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo