960x100 basa novo

Inscrições para Oficina de Teatro encerram-se amanhã

Inscrições para Oficina de Teatro encerram-se amanhã

As inscrições para a Oficina Prática de Teatro: teatro se aprende fazendo, ministrada pelo diretor teatral e professor Flávio Lofêgo Encarnação, do Curso de Licenciatura em Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre (UFAC), encerram-se amanhã, 14. 

Até o ontem, haviam 82 inscritos e a meta é chegar a 100, para depois selecionar 30. O interessado teve preencher o formulário no link http://goo.gl/oFX2HJ, onde passará por uma pré-seleção, a segunda fase será por seleção presencial, na próxima terça-feira, 19 de setembro, às 14 horas.

“Cada dia tem mais inscrição que o dia anterior, a procura tem crescido progressivamente. Isso demonstra que tem uma carência, que tem um público interessado em atividades como essa”, disse o professor.

De acordo com o professor Flávio, a procura tem aumento nos últimos dias de inscrição. Lofêgo quer selecionar um grupo de 15 a 25 atores, com ou sem experiência, para estudar, conceber e ensaiar um espetáculo teatral completo nesse período - e o resultado poderá ou não seguir uma trajetória semelhante à do espetáculo “Oração para um Pé de Chinelo”, que já teve duas temporadas de um mês em Rio Branco, circulou pelo interior do estado, participou de festivais na Bolívia e no Peru, e em breve anunciará novas apresentações fora do Acre.

A realização da oficina, que é gratuita, aberta ao público, tem a proposta de oferecer aos participantes uma vivência do cotidiano da montagem de um espetáculo teatral profissional, está prevista para realizar-se entre os dias 19 e 30 de setembro, das 14 às 18 horas. E o critério de seleção é ter disponibilidade e identificação com método de trabalho.

Segundo o professor, o teatro, nesse momento de polarização e de crescimento da violência, é um espaço privilegiado de encontro entre as pessoas. Para ele, no teatro, esse encontro acontece para que possamos nos entender melhor, e entender melhor a nossa sociedade.

“A matéria prima do teatro é o ser humano: é a humanidade que gera o interesse pela cena, e o acontecimento teatral só acontece quando há o encontro de atores e espectadores. A saída para a crise em que nos encontramos só vai surgir da criação artística. A arte é o único antídoto contra a violência, e contra a falta de sentido que vai tomando conta da vida dominada por padrões de consumo, que tem levado tantas pessoas ao desespero, e tantos jovens ao suicídio”, finalizou Flávio.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo