960x100 basa novo

Serviço de odontologia já atendeu mais de 148 mil alunos

Serviço de odontologia já atendeu mais de 148 mil alunos

Os alunos das escolas públicas de Rio Branco contam com tratamento odontológico a custo zero pelo programa Saúde na Escola, que já existe há 17 anos no estado.

Desenvolvido por meio de parceria entre as Secretarias de Estado de Saúde e de Educação, o programa já atendeu quase 149 mil crianças e adolescentes, desde sua criação.

São 15 consultórios odontológicos distribuídos em escolas da capital e em Cruzeiro do Sul. O atendimento é feito por região. Os alunos das escolas que possuem o consultório são atendidos durante o horário de aula.

“Durante o primeiro atendimento é feito uma limpeza no dente da criança, fazemos avaliação e agendamos as próximas consultas”, explica Rebecca Queiroz, dentista da Escola Samuel Barreira, no Bosque, onde são atendidas 16 crianças por dia. Rebecca é uma dos 28 odontólogos que atuam no programa de Saúde Bucal.

Já os alunos de escolas que não possuem consultório precisam levar declaração de que estão devidamente matriculados e frequentando as aulas no consultório da escola da região para agendar uma consulta.

Segundo o coordenador da equipe de odontologia do programa, Rutênio Sá, o objetivo é promover a conscientização da comunidade escolar sobre a importância da saúde bucal. “Prestamos assistência aos alunos, sem a necessidade de agendamento em centros e postos de saúde. Sabemos que dentes bem cuidados são essenciais para garantir a saúde dessas crianças e adolescentes”.

Além dos procedimentos de clínica geral, tratamento de canal e odontopediatria – para crianças com menos de seis anos de idade – e tratamento ortodôntico (implantado em 2013), o programa também investe em ações de prevenção, por meio de ações educativas, como distribuição de escovas e cremes dentais para alunos de pré à quarta série, escovação supervisionada, aplicação de flúor e palestras sobre higiene bucal.

Ravel Ferreira, 9 anos, aluno da escola Samuel Barreira, já é paciente do programa e nem teve medo ao ter que passar por uma obturação. Segundo ele, o atendimento é nota 10. “Eu acho muito bom ser atendido na escola. Gosto muito porque é rápido e a dentista é muito legal e deixa a gente bem à vontade. Estão de parabéns”, disse entre risos.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo