960x100 basa novo

Ciência Itinerante no Alto Acre reúne mais de três mil pessoas

Ciência Itinerante no Alto Acre reúne mais de três mil pessoas

A primeira edição da Ciência Itinerante realizada em Brasileia representou um marco no processo de interiorização do ensino público nos municípios acreanos. Saiu do circuito Rio Branco – Cruzeiro do Sul e chegou à região do Alto Acre, reunindo mais de três mil pessoas em apenas dois dias de programação.

O projeto é uma extensão da Mostra de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação (Viver Ciência) e busca valorizar e instigar as produções científicas, tecnológicas e culturais das instituições de ensino amazônicas. No Alto Acre beneficiou as populações de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

“A Ciência Itinerante superou nossas expectativas. Conseguimos valorizar as iniciativas educacionais da região e ao mesmo tempo apresentar à comunidade o que está sendo desenvolvido nas escolas públicas de diferentes localidades”, destaca Cleide Prudêncio, diretora de Inovação da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

Programação

A mostra ocorreu nos dias 24 e 25 deste mês. Durante a programação, os visitantes tiveram a oportunidade de viajar pelo mundo do conhecimento por meio de exposições científicas e oficinas de audiovisual e desvendar desafios da Matemática Divertida.

Além disso, os participantes que passaram pelo local receberam orientações de cuidado com a saúde e de higiene pessoal. Os amantes da astronomia tiveram a oportunidade de assistir a sessões do planetário móvel da SEE, uma das grandes atrações da mostra.

Avaliação dos visitantes

E para os visitantes mirins tinha ainda o cantinho do Brincando com a Ciência, uma sala temática que proporcionava uma verdadeira imersão na arte e na cultura brasileira.

“Tudo aqui é muito lindo, dancei, ouvi histórias e aprendi musicas novas nessa sala coloridinha”, conta entusiasmado o pequeno Eduardo Muniz.

A estudante Yane Nascimento, da Escola Belo Porvir, de Epitaciolândia, participou da mostra científica e relata sua experiência: “Achei muito interessante, porque foi uma oportunidade de aprofundar meus conhecimentos. Aqui vi da astronomia a cuidados com a saúde”, conta.

Viver Ciência

A Viver Ciência é maior evento científico da educação básica do Acre. “Esta mostra é fundamental para a nossa região, porque, além da troca de experiência entre comunidade e academia, propicia interação entre os alunos, o que provoca uma aprendizagem na vida profissional e educacional deles”, destaca Maria Castro, coordenadora de ensino infantil de Brasileia.

Itinerante

Além do Alto Acre, outras regiões como Envira e Purus também receberão edições da Ciência Itinerante ainda este ano. Já a região do Juruá será contemplada com a segunda edição da mostra, e Rio Branco, com a terceira.

“Esse ano vamos cobrir as cinco regionais. Vamos ter a grande Viver Ciência em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, e antes disso, a Ciência Itinerante na sede das regionais de Sena Madureira e Tarauacá”, ressalta Prudêncio.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo