960x100 basa novo

4º Bis oferece café da manhã aos profissionais da imprensa acreana

Coronel Valone destacou a importância dos jornalistas para a sociedade/ Foto: Juan Diaz Coronel Valone destacou a importância dos jornalistas para a sociedade/ Foto: Juan Diaz

Em alusão ao dia do Jornalista, o 4º Batalhão de Infantaria de Selva promoveu um café da manhã aos profissionais da imprensa, na manhã da última sexta-feira, 7. Essa é a segunda edição da homenagem à categoria.

Para o coronel Valone, é uma satisfação trabalhar junto com os jornalistas. De acordo com ele, neste dia, a ação foi feita para homenagear os profissionais. “É uma alegria imensa receber os jornalistas que tem toda uma atenção com o exército brasileiro”.

Na oportunidade, Valone destacou a real incumbência da instituição dentro do estado. Segundo o coronel, existe uma ideia que força armada é mesma coisa que força de segurança, que exército é a mesma coisa que polícia.

“É interessante esclarecermos que as forças armadas têm um papel constitucional diferente das polícias militares. Nosso trabalho, no estado do Acre, é defender a pátria e exercer a vigilância na faixa de fronteira. E essa diferença é importante que se divulgue para que a sociedade esteja cada vez mais bem informada sobre a nossa missão”, explicou.

Estiveram reunidos vários profissionais da imprensa, inclusive, a equipe do Jornal Opinião, que desfrutou de um excelente café da manhã e da boa companhia dos colegas presentes.

Alcinete Gadelha, repórter do Opinião, considera um reconhecimento do trabalho da imprensa e de uma parceria, pois são várias pautas realizadas durante o ano mostrando as atividades da corporação.

“No dia em que se comemora o dia do jornalista, que trabalha fazendo essa ponte entre as instituições e a sociedade, é gratificante saber que somos lembrados. Quando você vê essa intenção de reconhecer o seu trabalho fico maravilhada, porque estamos no dia a dia na rua, na correria, mas sempre atendemos o chamado. Nossa função é mostrar o que está sendo feito, o que acontece e levar para a sociedade as informações que ela precisa, com clareza e responsabilidade”, finaliza a jornalista.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo