960x100 basa novo

Motociclistas acreanos visitam crianças em tratamento na Unacom

Motociclistas acreanos visitam crianças em tratamento na Unacom

O grupo de motociclistas Abusados visitaram, na manhã desta terça-feira, 4, as crianças que fazem tratamento no Hospital de Câncer do Acre (Unacon). Na ação, levaram lembrancinhas, brincadeiras e lanches para os pequenos.

Segundo o vice-presidente da equipe, Jairo Fernandes, todos os meses eles realizam eventos em prol da sociedade. “Na ala das crianças é a primeira vez que viemos, mas sempre realizamos atos como doação de sangue, aos fins de semanas nos reunimos para arrecadar alimentos e doar a famílias carentes da periferia da cidade”, conta.

Para Jairo, a ideia é desmistificar o pensamento de alguns, pois alguns acreditam que pela forma de se vestirem são roqueiros e usuários de drogas. E visando mostrar que isso é apenas caracterização eles fazem projetos mostrando que são do bem.

MAT RIA DRYELEM HOSPITAL DO CANCER FOTO JUAN DIAZ 4

Mirza Mesquita, gerente geral do hospital, conta que essa é uma ação diferenciada, pois para as crianças é algo diferente por causa do estilo da equipe. “Eles podem brincar nas motos e isso é bom já que a rotina deles é de consultas e quimioterapias. E essas atividades fortalecem e ajuda no processo de cura deles, tirando o estresse e favorece o processo de humanização dos pacientes”.

De acordo com a gerente, todos os dias os acorrem atividades com diversos grupos. E, hoje, as crianças não são lembradas somente em datas comemorativas. Ao todo, mais de 100 crianças fazem acompanhamento no Unacon.

O filho de Nelma Bastos faz tratamento há mais de dois anos e para ela, que o leva duas vezes na semana, essas atividades o estimula a ida dele para a unidade.

 MAT RIA DRYELEM

Na oportunidade, a equipe conversou com o palhaço “Peteleco”, que faz visitas todas as terças-feiras ao hospital. “Desenvolvo esse trabalho há nove aos e uma fez na semana venho brincar com as crianças, acompanhar elas no momento da quimioterapia contando histórias, cantando, fazendo piadas. Sou um parceiro e apoiador esses grupos que realizam essas ações voluntárias”, disse.

Última modificação emQuarta, 05 Abril 2017 17:02

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo