960x100 nova basa

Cadastro de mediadores tem apenas um registro no Acre

Cadastro é administrado pelo Tribunal de Justiça do Acre que avalia as informações encaminhadas pelos profissionais Cadastro é administrado pelo Tribunal de Justiça do Acre que avalia as informações encaminhadas pelos profissionais

O Acre possui apenas uma pessoa registrada no Cadastro Nacional de Conciliadores e Mediadores, profissionais voluntários aptos a facilitar a negociação de conflitos em processos judiciais e extrajudiciais, disponível para a população de todo o País. De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ferramenta indica profissionais e seus e-mails, além de um minicurrículo. São Paulo lidera com 1.747 registrados. Goiás vem na sequência, com 206 cadastrados.

Com o cadastro é possível escolher desde conciliadores/mediadores voluntários (gratuitos), como profissionais que cobram pelo trabalho. O cadastro é administrado pelo Tribunal de Justiça do Acre, semelhantemente aos demais estados. Os tribunais recebem e avaliam os dados encaminhados pelos profissionais. Para ser um conciliador/mediador, é preciso estar capacitado e, além da etapa teórica, é necessário que o profissional tenha finalizado estágio supervisionado de, no mínimo, 60 horas.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo