960x100 basa novo

Site emplaca Careca e Eduardo na seleção da Série D do Brasileirão

O goleiro Simão (Operário-PR) e o atacante Eduardo (Atlético-AC) durante jogo O goleiro Simão (Operário-PR) e o atacante Eduardo (Atlético-AC) durante jogo

O jornalista Emanuel Colombari, um dos editores do site ultimadivisão.com.br, após assistir inúmeros VT’s de jogos na internet, procurar noticiário local, levantar dados, ler súmulas, conversar com jornalistas para não criar injustiças – o que é quase impossível quando falamos de listas online, resolveu eleger a seleção do Campeonato Brasileiro da Série D.

Na lista divulga pelo jornalista, que também escreve para o site UOL, aparecem dois jogadores do Atlético Acreano. O meia-atacante Careca, hoje integrado ao elenco de profissionais do Cruzeiro-MG, e o atacante Eduardo, artilheiro do Campeonato Brasileiro da Série D, com 9 gols.

O jornalista escreveu que a escolha dos melhores da competição não deixa de ser um desafio na profissão. “Nunca é fácil escalar uma seleção dos melhores jogadores de uma Série D do Campeonato Brasileiro”, disse Emanuel Colombari.

Colombari analisou que a escolha dos melhores da competição ficou bastante abrangente. “É claro que os quatro clubes promovidos à Série C de 2018 estão representados, mas a gente fez questão de ir atrás também daqueles jogadores que se destacaram e ficaram pelo caminho”, comentou Colombari.

Sobre a capacidade técnica dos jogadores da seleção escolhida ele fez o seguinte comentário: “É um time que, no papel, encheria os olhos na Série D de 2017: um goleiro seguro, uma dupla de zaga eficiente, dois laterais de características ofensivas, dois volantes que se complementam, meias que se aproximam do ataque e atacantes artilheiros. Tudo isso sob o comando de um treinador que soube montar um time competitivo”.

Veja o que o jornalista comentou a respeito da dupla acreana

Careca (Atlético-AC)
No time-base da equipe comandada pelo técnico Álvaro Miguéis ao longo da Série D, Careca formou a base de um losango que tinha a tarefa de municiar o trio de ataque formado por Eduardo, Rafael Barros e Polaco (Neto). No entanto, o camisa 10 não desperdiçou as chances que teve e também marcou gols – foram seis ao longo de 12 jogos na competição, todos anotados nas oito primeiras partidas. Com o acesso assegurado, foi emprestado ao Cruzeiro até o meio da próxima temporada, e nem mesmo disputou as semifinais.

Eduardo (Atlético-AC)
Em 2016, o atacante do Atlético-AC já esteve entre os destaques da Série D, com sete gols em 12 jogos – e a última divisão até o colocou entre os principais nomes para a posição da competição na ocasião. O acesso não veio, mas Eduardo se manteve afiado. Em 2017, foram nove gols em 13 partidas, colocando o camisa 7 mais uma vez como um dos principais nomes da quarta divisão nacional – e, melhor ainda, com a promoção à Série C.

Confira a seleção

Goleiro:
Simão/Operário-PR
Lateral direito:
Marcos Jr (América-RN)
Lateral esquerdo:
Eduardo Mandai (São José-RS)
Zagueiros:
Juan Sousa (Operário-PR)
Negreti (Globo-RN)
Volantes:
Chicão (Operário-PR)
Waguinho (Juazeirense-BA)
Meias:
Careca (Atlético-AC)
Bruno Morais (Gurupi-TO)
Atacantes:
Eduardo (Atlético)
Weverton (Princesa-AM)
Técnico: Gerson Gusmão

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo