960x100 basa novo

Fora de casa, Galo perde para o Gurupi-TO: 1 a 0

O lateral direito Januário tenta conter ataque do Gurupi-TO na derrota de ontem, no estádio Resendão/Foto: Phelipe Ramos/Divulgação O lateral direito Januário tenta conter ataque do Gurupi-TO na derrota de ontem, no estádio Resendão/Foto: Phelipe Ramos/Divulgação

Num jogo bem disputada na noite de ontem (24), no estádio Resendão, na cidade de Gurupi-TO, o Atlético Acreano acabou derrotado pelo time que leva o nome da cidade por 1 a 0, gol de Bruno Morais, aos 30 minutos. 

O resultado força o bicampeão acreano vencer o time tocantinense por dois gols de diferença para avançar às quartas-final do Campeonato Brasileiro da Série D. Um empate ou até mesmo uma derrota por um gol de diferença, exceto 1 a 0, classifica o Gurupi. Uma vitória simples do Galo Carijó leva a decisão da vaga para as cobranças de penalidades.

Jogo

Necessitando do resultado positivo diante de sua torcida (1.300 presentes), o Gurupi-TO começa a partida no ataque. O jogador tocantinense Batata fica na cara do goleiro Luís Miller, mas o arqueiro celeste antecipa o lance, aos 4 minutos, salvando o Galo.

Com o Galo bem fechadinho e não dando espaço para a linha de frente do time tocantinense, o Gurupi chegou com perigo somente após passe perfeito de Bruno Morais para o volante Ederson, esse testando com perigo, aos 20 minutos.

O Galo Carijó então respondeu com uma boa finalização de Polaco, mas a bola passou pertinho da trave do Camaleão, aos 38 minutos.

Um minuto depois, Gurupi volta a chegar com perigo ao gol celeste após triangulação rápida. No entanto, Rafael Sayão finaliza nas mãos do goleiro Luis Miller.

Gol solitário

O Galo começa a etapa final pressionando e o meia-atacante Polaco entra em velocidade e finaliza no contra pé do goleiro Welder Aurora, mas a bola passa rente à trave tocantinense.

Melhor na partida, o Galo quase abre o placar. O meia-atacante Polaco fez bela assistência para o atacante Pisika, mas o Talismã celeste finaliza sobre o gol com perigo, aos 8 minutos.

Refeito do susto, o Gurupi voltou a equilibrar as ações. No entanto, o Camaleão quase foi surpreendido. Careca serve Polaco, mas o jogador celeste finaliza em cima do goleiro Welder, aos 23 minutos.

Um minuto depois, o Gurupi-TO responde. Bruno Morais entra na cara do goleiro Luis Miller e perde grande oportunidade. Mérito para o goleiro celeste.

Precisando do gol, o atacante Batata finaliza de fora da área e a bola explode no travessão atleticano, aos 26 minutos. Sufoco!

Com o gol do Gurupi maduro, o meia Bruno Morais resolve arriscar o chute de fora da área. A bola viaja e cai dentro do gol do Galo Carijó, aos 30 minutos.

O Galo Carijó sente o gol e tenta administrar a posse de bola e gastar tempo, assim abrindo mão da ofensividade.

O Gurupi-TO aproveita o melhor momento na partida e tenta ampliar o placar. Na melhor delas, o meia Ederson faz excelente jogada e faz a assistência para trás, mas Régis finaliza no pé da trave.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo