960x100 basa novo

A guerra aberta dos buracos

A guerra aberta dos buracos

Virou um suplício viajar de Sena Madureira a Rio Branco. A cada palmo é buraco disputando espaço com outro buraco. E ninguém toma uma providência. Ninguém assume a paternidade. “Fica o DNIT empurrando a responsabilidade para o Governo e vice e versa”, protestou ontem na Aleac o deputado Nelson Sales (PV), para quem a situação está colocando em perigo as pessoas que passam pela rodovia, seja em carros particulares ou nos coletivos. Nelson (foto) atribuiu a piora da conservação da estrada à retirada das balanças, que regulavam o peso transportado pelas carretas. “Com a desativação o que se vê na parte noturna são carretas sobrecarregadas transitando livremente”, denunciou o parlamentar, que pediu além da recuperação urgente a volta das balanças. O certo é que, não só pela crítica do deputado, mas por dezenas de outras, o DNIT está atuando com a rapidez de um jaboti quando se trata da rodovia BR-364!. Cuidado para não cansar!

Subam para as colinas, preparem os obuzes!

Alerta máximo! Alerta máximo! Subam para as colinas! Companhia de Obuzes de prontidão! Engatilhem as suas metralhadoras Ponto 50! Armas Anti-Tanques em posição de tiro! Cesário Braga irá mesmo assumir a presidência regional do PT. Alerta máximo! Alerta máximo!.

Apenas transcrevi

Recebi telefonema do presidente do PHS, Manoel Roque, agradecendo por ter colocado o episódio da sua exoneração e o seu descontentamento com a cúpula petista na íntegra, neste espaço. Apenas transcrevi o que me disse no que noticiei. Tem que ter alguém a não dizer amém e sim senhor, nesta aldeia da imprensa de tantos améns e sim senhor.

Não tem mesmo trava

Denunciou um fato político, não tem quem segure este espaço de publicar, aqui a censura é zero. Só não publicamos aberrações, ataques pessoais, fatos mentirosos, o resto: vale tudo!

Mal orientado

O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, Manuel Marcos (PRB), é um político reto, mas está sendo mal orientado na condução da “CPI dos Transportes”. O vereador Jackson Ramos (PT), por ser secretário-geral da mesa diretora, jamais poderia ser o relator da CPI. É óbvio! É proibido pelo Regimento Interno.

Outro equívoco

Outro equívoco do presidente Manuel Marcos (PRB) é no tocante à exclusão do vereador Emerson Jarude (PSL) da comissão da CPI dos Transportes. Pela proporcionalidade partidária não poderia ficar fora. Deverá ser reconduzido pela Ação Cautelar impetrada na justiça.

Erros de orientação

Mas, nos dois casos não houve nenhuma má-fé do presidente Manuel Marcos (PRB), mas uma falta de uma melhor orientação por parte dos assessores da Mesa, no tocante à aplicação do Regimento Interno da Câmara Municipal de Rio Branco.

Ruas dos buracos

O programa “Ruas do Povo”, em grande parte foi mal executado e se diluiu. Virou o “Ruas dos Buracos”. Só ficaram os buracos. Sei que é inverno, que a prefeitura não pode entrar a todo vapor por causa das chuvas, mas poderia acelerar os trabalhos de recuperação, que estão devagar, quase parando. Prefeito Marcus Alexandre, a cidade está ficando a capital das crateras!

Moro não é Deus!

O Juiz Federal Sérgio Moro merece o respeito pela bela cruzada da moralidade. Mas no momento que abusa da autoridade, pensa ser Deus, mandar buscar coercitivamente um blogueiro, aprende o seu material de trabalho por se negar dar suas fontes, se apequena e veste a toga de censor. Não interessa a que partido pertença o blogueiro. Fonte é sagrada.

Dilma foi perfeita

A ex-presidente Dilma foi uma desgraça como gestora do país. Mas foi perfeita quando se tratava da liberdade de imprensa. E ninguém sofreu mais ataques que ela. Mas sempre disse que, preferia uma imprensa que cometesse erros, que fosse cáustica, do que uma imprensa amordaçada.

Muito simples

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, está pensando ser presidente dos EUA. Só pode! Baixou uma norma que só recebe os vereadores dia de quarta-feira. Tem um ditado que diz que quando se quer conhecer alguém lhe dê o poder. Se os vereadores fossem independentes baixaria um procedimento que só o receberiam com audiência marcada.

Não é pelo trombamento

Um gestor não vai ganhar notoriedade pela sua arrogância e por trombar com a classe política. Numa guerra entre vereadores e o prefeito Ilderlei Cordeiro perde o prefeito. O que ganha se empavonando no cargo? Humildade, prefeito Ilderlei, cabe a qualquer hora.

Caminho traçado

O ex-deputado federal Márcio Bittar (PSDSB) diz que o caminho seu está traçado e nenhum político vai conseguir mudar. Levará seu nome para ser candidato ao Senado e somente recuará se as pesquisas o colocarem num baixo patamar de aceitação.

Com que direito?

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) comentava ontem que, se tem um partido que não deixará de ter candidato a senador próprio é o PSDB, pelo fato de que terá candidato próprio para a Presidência da República. Corretíssimo o raciocínio. Seu candidato é o Major Rocha (PSDB).

O buraco é mais embaixo

Está todo mundo zumbindo nos ouvidos do prefeito Marcus Alexandre para que saia candidato a governador. Não tanto porque terão a garantia de que vai ganhar, mas porque pode endurecer o jogo. Só que o buraco é mais embaixo, ganhar do senador Gladson Cameli (PP) não é ganhar da deputada Eliane Sinhasique (PMDB). Não se faz política no emocional.

Muito simples: é o interesse próprio

O Marcus Alexandre é o nome mais forte do PT. Não discuto. Mas o interesse dos deputados, dos candidatos a deputado, do senador Jorge Viana (PT), não é nem por acharem que ganha, mas o temor do candidato do PT ser alguém de baixa densidade eleitoral e os puxar para o fundo.

Voltarão os mesmos

“Voto em Lista” é a perpetuação desta patifaria que existe hoje no Congresso. No “Voto em Lista” só elegem-se os que estão na cabeça da lista e quem faz esta lista é a cúpula partidária. O candidato novo não terá chance alguma de ficar na relação na frente dos caciques.

Esporte é salutar

Muito boa a iniciativa dos deputados Léo de Brito (PT) e Daniel Zen (PT) de se juntarem para trabalhar na reorganização em toda a sua plenitude dos Jogos Escolares, que andou capenga.

Sagrado direito

Nesta questão da TELEXFREE o vereador Roberto Duarte (PMDB) apenas exerceu o sagrado direito do advogado defender o seu cliente. Ninguém pode ser condenado sem ter o direito de defesa. E nem cabe discussão. E nem crítica ao profissional.

Desde que seja eu

O vereador Joelso Pontes (PP) quer a unidade da oposição, em Brasiléia, em cima de um único candidato a deputado estadual. Claro, desde que seja ele. Esperto, este Joelso!

Como se encanta rápido!

O deputado Jairo Carvalho (PSD) se dizia ontem encantado com o presidente do BASA, Marivaldo Melo, candidato a deputado federal, e maravilhado com a sua pessoa. Maravilhado o deputado Jairo vai ficar é quando o Marivaldo vir para a campanha e abrir a mala preta.

Convocação vetada

O prefeito Marcus Alexandre terá a sua convocação para a CPI dos Transportes vetada pela sua base política na Câmara Municipal de Rio Branco. A oposição já foi comunicada e protesta. Quem delibera neste tipo de situação é a maioria, porque é assim que funciona o parlamento.

O anofelino tem dono certo

Devagar com o andor que o anofelino é de barro e tem dono certo, deputado Luiz Gonzaga (PSDB)! Cruzeiro do Sul virou o campeão em casos de malária, no Acre. Nisso o parlamentar este certo, como em denunciar e pedir providências. Só que a competência do combate é do município e não do Estado. Quem tem de contratar agentes de endemias, botar as equipes nas ruas é o prefeito Ilderlei Cordeiro (PMDB). E não se trata de defender um governo com quem não tenho afinidade, mas falo em legalidade. O que o governo fez até aqui foi ajudar as prefeituras do Juruá sem ter a obrigação jurídica. Aliás, em abril, o governo já comunicou, segundo o secretário de Saúde, Gemil Junior, que todos os encargos ficarão com a prefeitura do município. Vamos deixar cada qual com o seu cada qual. E sem choro e sem politicagem.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo