960x100 basa novo

BOLSONARO VEM LANÇAR CANDIDATURA DE ULYSSES

BOLSONARO VEM LANÇAR CANDIDATURA DE ULYSSES

A candidatura do Coronel PM Ulysses Araújo (PATRIOTA) – foto - tem o seu lançamento previsto para a segunda quinzena de janeiro, com a presença do candidato à Presidente da República, Jair Bolsonaro, em Rio Branco. A sua linha política na campanha deverá ser a mesma de Bolsonaro: contra a identidade de gênero, contra o aborto em todos os sentidos, a favor da diminuição da maior idade penal, contra o casamento gay, a favor da liberação do porte de armas e centrando as suas críticas, principalmente, no sistema de segurança pública, no qual promete fazer uma revolução se for eleito, para reduzir o grande índice de criminalidade no Estado. Não definiu o vice, mas já tem o candidato ao Senado, o empresário Fernando Lage. A sua aliança será com o DEM-PATRIOTA-LIVRES e como outro alvo principal a política de desenvolvimento sustentável, que o PT vem colocando em prática no Estado nas duas últimas décadas. Defende o liberalismo. Na última pesquisa apareceu com 6% das intenções de votos. Vai tentar quebrar a polarização entre as candidaturas do PT e do PP, que vem sendo registrada nas pesquisas. Até hoje nenhuma candidatura alternativa decolou.

UM BELO PROJETO

É para a deputada Eliane Sinhasique (PMDB) mesmo comemorar, o projeto que leva o Jiu-Jitsu às crianças carentes do Tancredo Neves. Recentemente, seis delas voltaram até com medalhas, uma de ouro, numa competição em Rondônia. Este tipo de ação ajuda a evitar o caminho das drogas. E deveria ser seguido pelo poder público, com academias nos bairros.

“O CABRA JÁ FOI BOM”

Com o carro na oficina, peguei ontem um táxi para o centro. O taxista me recebeu brabo com o prefeito de Rio Branco, por ter estourado num buraco, na noite de ontem, um pneu, numa cratera no asfalto. E foi reclamando até o fim da corrida, sobre a buraqueira. E completou sobre o prefeito: “esse cabra já foi bom, agora parece que abandonou a cidade ao relento”.

FALTOU COMUNICAÇÃO

Ligou ontem o assessor do prefeito de Rio Branco, André Kamai, para explicar que, o contrato sobre o transporte coletivo se dá entre a PMRB e as empresas e a Câmara Municipal de Rio Branco não tem participação. E que o órgão de participação popular é o Conselho Tarifário que, inclusive, foi ampliado com o CREA e o Conselho de Contabilidade. Foi preciso vir alguém que não é da área de Comunicação da PMRB dar a explicação, preenchendo esta lacuna.

ACHAM QUE GANHARAM

A questão é que outros assessores do atual prefeito, que querem ser mais real que o Rei – que não vive mais aquele clima de lua de mel de quase unanimidade do primeiro mandato – acham que não devem satisfação dos seus atos à opinião pública, que não precisam de parcerias e que ganham a eleição com os grupos dos “cuecas apertadas” e das “calcinhas apertadas” do PT. O buraco desta eleição é mais embaixo. Um segundo mandato nunca é um mar de rosas.

PERU GARANTIDO

O prefeito, vice-prefeito, vereadores do Bujari estão com o peru de Natal reservado, aprovaram uma resolução que lhes garante o pagamento de um 13º salário. O Bujari é um dos municípios mais pobres do Acre e a prefeitura vive praticamente de repasses do FPM e emendas parlamentares. Assim se mesmo se permite a gastar com este privilégio.

FACULDADE PARA OS RICOS

Só agora vim me inteirar que, a tal Faculdade de Medicina do Juruá que o deputado federal Alan Rick (DEM) cantou em prosa e verso como uma grande conquista, não beneficiará 99% da população da região. Explica-se: por ser particular terá mensalidades entre 8 à 10 mil reais. Ou seja, o povão está excluído. Não tem este poder financeiro para manter o filho na Faculdade.

BENEFÍCIO PALIATIVO

Um amigo me explicou ontem o motivo de tanta buraqueira na cidade: “Luis Carlos, o asfalto é inimigo da chuva, quando a PMRB asfalta uma rua e não faz a drenagem, aparecer buracos é só uma questão de tempo, devido á infiltração da água. Aconteceu 100% no Ruas do Povo”.

OUTRO LADO

Sobre a questão do Pró-Saúde, vai a versão dos sindicalistas: os sindicatos em 2013 entraram no MPT, apenas pela isonomia e cumprimento da legislação. Enquanto o funcionário da SESACRE trabalhava 10 plantões 30 horas, os do Pró-Saúde 13,5, 40 horas, pelo mesmo salário. O MPT ao invés de ajustar optou pela demissão. Foi isso que aconteceu.

SOBRE O PROJETO

Acerca do projeto os sindicalistas fazem uma pergunta: “o projeto só é inconstitucional por vício de iniciativa, então por qual motivo o governador Tião Viana não toma a iniciativa para salvar estes concursados? São mil pais de famílias concursados no Pró-Saúde.

MOVIMENTO GIGANTE

Os servidores estão prometendo para hoje na Assembléia Legislativa um movimento gigante de protesto contra o governo. Segundo os organizadores será o maior que já ocorreu no recinto. Para hoje está prevista a votação do polêmico Projeto de Lei sobre a Pró-Saúde.

TENDA EM RIO BRANCO

O comando de campanha do senador Gladson Cameli (PP) decidiu de que no recesso parlamentar vai montar tenda em Rio Branco e fazer o maior número de reuniões possíveis. Quer conseguir emparelhar a disputa na principal base eleitoral do candidato do PT.

MAIS QUE NECESSÁRIA

A determinação do governador Tião Viana em mandar instalar uma Delegacia de Polícia na Cidade do Povo foi mais do que necessária. Os bandidos é que vinham dando o tom no local. Não tem motorista que aceite corrida para lá na parte noturna. É assalto quase certo!

PAVOR PETISTA

Um dirigente petista manifestava ontem num papo a sua preocupação com o que vai fazer a Socorro Nery quando assumir em definitivo a prefeitura de Rio Branco, em Abril do próximo ano. “Só vamos saber quando sentar na cadeira se trocará ou não os cargos de confiança”, disse.

NATURAL QUE ACONTEÇA

Não sei se fará mudanças em pontos estratégicos da prefeitura, mas é natural se isso acontecer, porque vai querer ocupantes destes postos com os quais tenha afinidade.

MAJORITARIAMENTE PETISTA

A ocupação de cargos de confiança na prefeitura de Rio Branco é majoritariamente petista.

DANDO DE LAVADA

Pelo menos nesta pré-campanha a oposição está dando de lavada no PT na guerra das redes sociais. A participação do grupo do atual prefeito da Capital vem sendo muito tímida. Até o belicoso Cesário Braga parece que hibernou, tomou chá de sumiço, escafedeu-se.

TIRO DA MACACA

Esta candidatura do ex-deputado federal Márcio Bittar (PMDB) ao Senado é a chamada “tiro da macaca”. Até aqui perdeu todas as eleições majoritárias que participou: para senador, governador e prefeito de Rio Branco. Se não ganhar está é melhor não tentar novamente.

CAUTELA E CALDO DE GALINHA

É salutar o entusiasmo na oposição de que ganhará no primeiro turno. A realidade é outra. Embora tenha no senador Gladson Cameli (PP) um bom candidato, o prefeito da Capital, que disputará pelo PT, não está morto. A máquina do governo não decide, mas não é para ser subestimada. Tem mostrado isso nas últimas duas décadas. E tem uma legião de cargos de confiança, que são votos de cabrestos. Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

AMBOS ENGANADOS

Tanto os defensores da candidatura do senador Gladson Cameli (PP) como os que defendem a candidatura do petista prefeito de Rio Branco ao governo fazem contas superfaturadas de que, ganharão a disputa no primeiro turno. Coloco isso no amadorismo dos que assim imaginam.

CAMINHO BATIDO

Este caminho tomado pelo deputado federal Moisés Diniz (PCdoB) de denunciar no MPF os preços abusivos das passagens de aviões para o Acre, notadamente, entre a Capital e Cruzeiro do Sul, é um caminho batido. Outros parlamentares o percorreram e os abusos continuaram. Mas isso não inviabiliza a sua iniciativa do parlamentar comunista.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo